Eu não sou escritor. Eu não sei escrever. Não sei quando usar vírgula e nem crase. Sinto inveja de quem sabe usar ponto e vírgula. Meus textos são apenas amontoados de sentimentos; confusos, atrapalhados. online
Você poderia me abraçar e eu poderia te abraçar. E seria tão calmo. Completamente calmo.
Me senti ferozmente, desesperadamente, agudamente infeliz, dilacerada pelo sofrimento. Mas estar viva depois de tudo o que passei é uma coisa sensacional. Tomara que apesar dos pesares, eu continue tendo valentia suficiente para não abrir mão de ser feliz.
Me senti ferozmente, desesperadamente, agudamente infeliz, dilacerada pelo sofrimento. Mas estar viva depois de tudo o que passei é uma coisa sensacional. Tomara que apesar dos pesares, eu continue tendo valentia suficiente para não abrir mão de ser feliz.
As luzes se apagaram e eu me deitei no escuro, forçado a encarar meus próprios pensamentos.
Como cheguei a esse ponto?
Ele era tão estranho. Não, estranho não era a palavra certa. Ele era reservado e enigmático. A única coisa que saber um pouco sobre ele havia me feito era querer saber ainda mais.
Eu tenho 99% de certeza de que ele não gosta de mim. Mas é esse 1% de possibilidade que me mantém assim, tão firme.

beocio:

O amor é uma espécie de preconceito. A gente ama o que precisa, ama o que faz sentir bem, ama o que é conveniente. Como pode dizer que ama uma pessoa quando há dez mil outras no mundo que você amaria mais se conhecesse? Mas a gente nunca conhece.

Bukowski

Pare de tentar ser quem você não é. Melhor ser sem-graça do que forçado.